Alto contraste

  • White/Black
  • Yellow/Blue
  • Padrão

Tamanho da fonte

-A A +A

Curso de Extensão Avaliação da Exposição Ocupacional a Vibrações

OBJETIVOS:

Apresentar e discutir os conceitos gerais sobre vibrações e os principais elementos da teoria da avaliação da exposição ocupacional a vibrações de corpo inteiro e a vibrações em mãos e braços, tendo por base os critérios e procedimentos estabelecidos na NR 15, na NR 9 e nas normas NHO 09 e NHO 10, publicadas pela FUNDACENTRO.

PÚBLICO ALVO

Engenheiros de Segurança, Higienistas Ocupacionais, Técnicos de Segurança, demais profissionais que atuem ou pretendam atuar, no estudo da exposição ocupacional a vibrações, todos os responsáveis técnicos de Programas de Prevenção de Riscos Ambientais das Empresas que tenham exposição ocupacional a vibrações.

 

CONTEÚDO PROGRAMÁTICO

Conceitos gerais:

·     Vibrações de estruturas: conceituação e características;

·     Vibrações de corpo inteiro e Vibrações em mãos e braços;

·     Ocorrência e noções sobre as respostas do organismo humano;

·     Grandezas e unidades.

Fundamentos da avaliação da exposição ocupacional

·     Conceitos sobre equipamentos de medição: tipos e características;

·     Circuitos de ponderação em frequência;

·     Parâmetros de medição, tais como: Aceleração Instantânea, Aceleração Média, Aceleração Media Resultante, Aceleração Resultante de Exposição, Aceleração Resultante de Exposição Normalizada, Valor da Dose de Vibração, Valor da Dose de Vibração Resultante;

·     Análise em frequência;

·     Critérios de avaliação da exposição ocupacional a vibrações - Limites de tolerância e limites de exposição: critérios legais - NR 15 e NR 9 e critérios técnicos - Normas ISO, ACGIH, Comunidade Europeia, NHO 09 e NHO 10;

·     Conceitos da abordagem ambiental;

·     Procedimentos técnicos para avaliação da exposição ocupacional a vibrações;

·     Desenvolvimento de exercícios de aplicação das normas NHO 09 e NHO 10;

·     Análise e interpretação dos resultados.

 

DOCENTE: EDUARDO GIAMPAOLI

Bacharel em Física, Mestre em Engenharia Mecânica na área de Ruído e Vibrações, Higienista certificado pela Associação Brasileira de Higienistas Ocupacionais – ABHO. Pesquisador aposentado da Coordenação de Higiene do Trabalho da FUNDACENTRO, entidade na qual atuou no período de 1972 a 2012, desenvolvendo estudos e pesquisas na área de Higiene Ocupacional. Membro do grupo de estudo que elaborou o texto da NR-15 da Portaria 3214/78 do MTb, atual MTE. Membro do Grupo Técnico que elaborou o novo texto na NR-17, no que tange ao item que trata das condições ambientais de trabalho. Membro do Grupo Técnico do MTb que elaborou a redação da nova NR-9 que instituiu o Programa de Prevenção de Riscos Ambientais - PPRA. Autor ou coautor de várias publicações da área de higiene do trabalho, com destaque para os livros "Riscos Físicos", "Características de Absorção Acústica de Tijolos Transformados em Absorvedores de Ruído de Baixa Frequência", “Norma de Higiene Ocupacional sobre Avaliação da Exposição Ocupacional ao Ruído – NHO 01”, “Norma de Higiene Ocupacional sobre Avaliação da Exposição Ocupacional ao Calor – NHO 06”, “Norma de Higiene Ocupacional sobre Avaliação da Exposição Ocupacional a Vibrações de Corpo Inteiro – NHO 09”, “Norma de Higiene Ocupacional sobre Avaliação da Exposição Ocupacional a Vibrações em Mãos e Braços – NHO 10”, editadas pela FUNDACENTRO e “NR-9 Comentada” editada pela ABHO. Integrante da equipe de tradução, para o português, do livro TLVs e BEIs da ACGIH, traduzido e publicado anualmente pela ABHO desde 1996. Docente de cursos de formação e de especialização de profissionais na área de segurança, higiene e medicina do trabalho. Docente dos Seminários de Infortunística e Ambiente de Trabalho para Magistrados da Justiça do Trabalho em São Paulo. Docente em diversos cursos de especialização e Pós-Graduação em Higiene Ocupacional, tais como: Cursos da ABHO, da Santa Casa/Senac/Fundacentro, em São Paulo e da Universidade Federal da Bahia. Membro da Sociedade Brasileira de Acústica – SOBRAC, tendo sido Vice-Presidente da SOBRAC no quadriênio 90/93. Membro da Associação Brasileira de Higienistas Ocupacionais – ABHO, tendo sido Vice-Presidente da ABHO, nos triênios 1994-1997 e 2000-2003. Membro criador do Comitê Permanente de Certificação – CPC, da – ABHO, nos anos de 2003 e 2004, comitê responsável pela certificação de profissionais em higiene ocupacional.

INFORMAÇÕES GERAIS:

·     Data: 18 a 21 de outubro de 2016.

·     Horário: 14:00h às 18:00h

·     Carga Horária: 16 horas/aula

·     Local de Realização: EPUFBA